Edital da Guarda Civil Metropolitana SP 2013

Concurso GCM-SP - Edital em breve

O edital do concurso da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo (CGM-SP) deverá sair ainda este mês de setembro de 2013, com uma previsão de 2 mil vagas, segundo as assessorias das secretarias municipais de Segurança Urbana (SMSU) e de Orçamento e Planejamento (Sempla). Serão 1.400 vagas para homens e 600 para mulheres.

De acordo com o chefe de gabinete da SMSU, Carlos Roberto Barreto, o edital do concurso da Guarda Civil Metropolitana está sendo concluído e logo será publicado. Porém, a empresa que organizará a seleção ainda não foi definida. “Nós estamos trabalhando com a previsão de que os guardas serão contratados para atuar na Copa do Mundo de 2014. Se cumprirá o prazo, dependerá da conclusão de todo o processo”, afirmou.

A efetivação dos 2 mil novos guardas já está prevista no Plano de Metas, apresentado pelo prefeito Fernando Haddad no dia 16 de agosto, em evento realizado na Câmara dos Vereadores. O documento prevê ainda a capacitação de 6 mil agentes da GCM em Direitos Humanos e 2 mil em mediação de conflitos.

Além do mais, a realização do concurso da Guarda Civil Metropolitana está garantida pela lei 15.841, publicada no dia 18 de julho e que trata das diretrizes orçamentárias para 2014. Isso porque está prevista nas prioridades e metas do orçamento a contratação de 500 novos guardas já no ano que vem através de concurso público.

Remuneração e benefícios do Guarda Civil

Para concorrer é necessário possuir ensino médio e altura mínima de 1,68m para homens e 1,60m para mulheres. A remuneração inicial da categoria é de R$1.766,39, já incluídos o salário de R$1.174,15, auxílio refeição no valor diário de R$13,46, podendo chegar a R$296,12 (média de 22 dias) e vale alimentação mensal de R$244,36. Há ainda, auxílio transporte, cujos valores variam de acordo com os locais de trabalho e residência dos guardas.

Após a publicação do edital, realização das provas e aprovação dos candidatos, os novos guardas ainda passarão por capacitação de 600 horas/aula. Para o presidente do Sindicato dos Guardas Civis Metropolitanos de São Paulo (Sindiguardas-SP), Carlos Augusto Sousa Silva, o novo concurso é urgente para atender às necessidades da GCM-SP e já está atrasado. “O ideal seria que o concurso estivesse agora na etapa de investigação social, para que o candidato fosse colocado à disposição do centro de formação da GCM. Nós temos cobrado da administração municipal para que agilize este concurso”, disse. Atualmente, o quadro da GCM conta com 6.193 guardas.

A Guarda Civil Metropolitana, foi criada em 15 de setembro de 1986 pelo Prefeito Jânio da Silva Quadros, e tem como missão a proteção de bens, serviços e instalações municipais, conforme previsto no Art. 144 da Constituição Federal.

Tem atuação em toda a Capital e tem como principal órgão gerenciador da política de ensino, o Centro de Formação em Segurança Urbana (CFSU), responsável pela formação, aperfeiçoamento e capacitação dos servidores da GCM (Guarda Civil Metropolitana), com 600 horas/ aula, conforme as diretrizes da Matriz Curricular Nacional para a Formação em Segurança Pública, do Ministério da Justiça.

Veja mais atribuições da GCM-SP no site oficial.