Concurso FIOCRUZ 2013

Concurso Fiocruz 2013

Esta previsto de concurso público para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), foi encaminhado em março deste ano o pedido de realização de concurso ao Ministério do Planejamento. Aqueles candidatos interessados em se tornar um servidor público não devem perder a oportunidade e devem ficar atentos à nova seleção. O último concurso da Fiocruz foi em 2010, atualmente a fundação aguarda do Ministério do Planejamento, a resposta da solicitação.

Seguindo uma previsão inicial feita pela Fiocruz, se a fundação já tivesse recebido a liberação do Ministério do Planejamento para publicação do edital e dar início ao processo seletivo, o edital estaria liberado  ainda neste mês de agosto e as provas seriam realizadas provavelmente em outubro ou novembro. Portanto a Fundação recebendo o aval, dará início aos preparativos do concurso, devido à urgência por novos funcionários para a Casa. Dependendo da liberação do Planejamento, o concurso da Fiocruz pode acontecer ainda em 2013. 

400 vagas previstas no edital da Fiocruz

De acordo com o pedido realizado da Fiocruz, é aguardado um número aproximado de 400 vagas, distribuídas da seguinte maneira:

  • técnico em saúde pública – 65 vagas
  • tecnologista em saúde pública – 150 vagas
  • analista de gestão em saúde pública – 5 vagas
  • especialista – 30 vagas
  • pesquisador em saúde pública – 150 vagas

Não existe a previsão de vagas destinadas ao cargo de assistente técnico de gestão em saúde pública, como ocorreu na seleção passada da Fiocruz. De acordo com a Diretoria de RH, o número de servidores para esta função é suficiente no momento. Foi informado ainda que parte do quantitativo substituirá os terceirizados da Fundação Oswaldo Cruz. Embora a Fiocruz tenha unidades em outras cidades como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Bahia, Manaus, Recife e Brasília, é provável que só haja vagas para o Rio de Janeiro, onde a carência é maior.

Atualmete a Fiocruz é composta por um quadro de funcionários que somados em todas as localidades da fundação totalizam-se por 6.985 terceirizados, 1.752 tecnologistas, 1.140 pesquisadores, 150 especialistas, 815 assistentes e 838 analistas.

A remuneração especificada possui como base de referência o edital do concurso de 2010, ultimo concurso realizado, contendo os vencimentos básicos de R$1.678,28 (técnico); R$3.048,03 (analista e tecnologista); R$3.475,87 (pesquisador) e R$5.558,82 (especialista) – valores que, na nova seleção, provavelmente serão recalculados.

Concurso anterior foi em 2010

O concurso deverá ter as seguintes fases que dependerá da especialidade:

Com base no edital do concurso da Fiorcruz de 2010, foram cobrados exames objetivo e análise de títulos. Para alguns cargos, houve ainda prova discursiva, prática e defesa pública de memorial.

A necessidade será por profissionais dos níveis médio/técnico e superior. Será exigido ainda experiência mínima de seis meses. Esse requisito se deve ao fato de que, no último concurso, em 2010, muitos servidores ingressaram na Fiocruz sem nenhuma prática profissional, o que gerou problemas para a instituição.

As vagas serão, provavelmente, para temporários e efetivos – em proporção ainda não definida. A Diretoria de RH da Fundação Oswaldo Cruz informou ainda que, no pedido feito ao Ministério do Planejamento para a realização do concurso anterior do órgão, a resposta do Ministério também foi lenta, mas não tanto quanto para esta seleção. Ela afirma que não há um prazo pré-determinado para que isto ocorra. Contudo, devido ao quadro de déficit de pessoal, a expectativa é de que a autorização seja concedida o quanto antes.

O último concurso para o órgão visava ao preenchimento de 850 vagas para quase todos os cargos que serão contemplados na atual seleção. O processo seletivo contou com 66.723 inscritos, e a Fundação Getúlio Vargas (FGV) foi a responsável pela elaboração do edital.