Concurso Previsto para o TRE do Pará

tre

Saiu a autorização para a realização do concurso público do Tribunal Regional Eleitoral do estado do Pará (TRE-PA) pela portaria de n°13.251 do mês de fevereiro deste ano. É provável, segundo informações, que o edital saia no mês de setembro deste ano e a prova deverá ser dois meses após. Uma notícia muito boa para quem vem se preparando para concursos públicos e também para aqueles que ainda não começaram, pois há um bom tempo até a data da possível publicação do edital por isso que é importante já iniciar a preparação para a prova.

As vagas serão para os níveis médio e superior. O cargo de nível médio é chamado de técnico e terá a remuneração de R$4.592, 29. Já o cargo de nível superior é o de analista que terá a remuneração de R$7. 150, 73.

O último concurso que houve do Tribunal Regional Eleitoral do estado do Pará foi no ano de 2010. Nesse edital constava o cargo de analista judiciário e tinha como requisito ser Bacharel em Direito. Ainda não há informações se no concurso de 2013 será da mesma forma, tudo indica que sim. Para o cargo de técnico houve algumas áreas de escolha. Outras peculiaridades do cargo de técnico em 2010 foi que o candidato deveria ter a Carteira Nacional de Habilitação categoria mínima “B” e o cargo de técnico judiciário especialidade Segurança Judiciário deveria passar também por uma prova de capacidade física.

Os interessados já podem iniciar seus estudos com base no edital passado clicando neste link http://www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/trepa10/arq/EDITAL_CONCURSO_2010_site.pdf. Algumas coisas devem mudar, mas a maioria das matérias e exigências eles devem manter. Para os cargos de nível médio houve a cobrança no concurso passado da matéria de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Arquivologia, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Administração Pública, as Normas Aplicadas aos Servidores Públicos Federais, o Regimento Interno do Tribunal Regional Eleitoral do Pará e Regimento Interno das Zonas Eleitorais do Estado do Pará mais algumas matérias específicas que constam no edital.

Para o cargo de analista judiciário tinha como exigência a Língua Portuguesa, Noções de Informática, Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual Penal Noções de Administração Pública, Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais, Regimento Interno do Tribunal Regional Eleitoral do Pará e Regimento Interno das Zonas Eleitorais do Estado do Pará e outra matérias específicas constantes no edital.

É interessante o candidato já iniciar seus estudos e sair na frente dos demais e também ficar atento às matérias que não são comuns em outros concursos como, por exemplo, o regimento Interno do Tribunal Eleitoral, talvez se destacar nessa matéria pode ser um diferencial do candidato.