Concurso Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio) 2014

Concurso Instituto Chico Mendes (ICMBio) 2014

//NOTÍCIA ATUALIZADA

Foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (13 de fevereiro), o edital do concurso ICMBio 2014, o edital completo pode ser consultado no site http://www.cespe.unb.br/ concursos/icmbio_14/. As inscrições estarão abertas de 23 de janeiro a 11 de fevereiro no endereço acima. As provas estão marcadas para o dia 6 de abril em todas as capitais e no Distrito Federal. As vagas de Analista Administrativo e Analista ambiental, exigem nível superior em qualquer área de formação, a remuneração total é de R$6.851,30.

  • Analista Administrativo – 20 vagas
  • Analista Ambiental – 30 vagas

Os cargos de Técnico exigem apenas nível médio, a remuneração é de R$3.260,34.

  • Técnico Administrativo – 168 vagas
  • Técnico Ambiental – 53 vagas

No edital do Concurso ICMBio é possível consultar a lotação das vagas e demais detalhes do concurso.

Boa Sorte!

 

//NOTÍCIA ANTERIOR ABAIXO

Concurseiros fiquem atentos, pois foi autorizado pelo Ministério do Planejamento 02 (dois) concursos do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio) autarquia vinculada ao Ministério do Meio Ambiente.

A publicação no Diário Oficial da União (DOU) das portarias que autorizam os concursos ocorreu no último dia 04 de novembro (segunda-feira), restando, portanto seis meses para a divulgação dos editais, que está previsto para acontecer, até o dia 4 de maio de 2014. Porem é provável que sejam divulgados com antecedência os critérios das seleções.

DOS CARGOS E VAGAS

O concurso do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio) tem a pretensão de ocupar 271 vagas. As oportunidades estão distribuídas entre os cargos de nível médio e superior.

Uma seleção abrangerá 30 vagas para o cargo de analista ambiental, cuja exigência é o nível superior, o local de trabalho será nas Unidades de Conservação presentes no Complexo da Bacia do Tapajós, entre os estados do Amazonas e do Pará.

A outra seleção abrangerá 241 novas vagas, distribuídas entre os cargos de técnico administrativo com 168 vagas, técnico ambiental com 53 vagas, ambos de nível médio, e ainda o cargo de analista administrativo com 20 vagas, cuja exigência é o nível superior.

Os profissionais de técnico administrativo e técnico ambiental, receberão a remuneração inicial de R$2.562,70. Os cargos de analista administrativo e analista ambiental receberão um salário de R$5.761,15. Porem existe um acréscimo de R$373,00, relacionado ao auxílio-alimentação, desta maneira as remunerações chegam a R$2.935,70 e R$6.134,15, respectivamente.

O próximo passo será a autarquia fazer a definição de qual instituição organizará os concursos, e também realizar a distribuição das vagas.

ÚLTIMO CONCURSO DO ICMBIO

Ocorreu no ano de 2008 o último concurso para o cargo de analista ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio). A organizadora escolhida foi o Cespe/UnB, a seleção foi dividida em provas objetiva e discursiva. Foram cobradas questões de Conhecimentos Básicos, formados pelas matérias de Língua Portuguesa, Administração, Planejamento e Meio Ambiente, além de Conhecimentos Específicos, que versaram sobre Ecologia, Conservação e Manejo da Biodiversidade, Biodiversidade, Zoologia, Botânica e História Natural, Recursos Florestais, Proteção, Controle e Monitoramento Ambiental, Planejamento e Gestão de Unidades de Conservação, Educação Ambiental, Socioambientalismo e Participação Social.

É inédito para o órgão a seleção para os cargos de técnico administrativo, analista administrativo e técnico ambiental. Para as duas primeiras carreiras, especialistas na área de concursos indicam que os candidatos analisem os programas da seleção para a área administrativa do Ibama, realizadas em 2012, com organização do Cespe/UnB.

PORTARIAS QUE AUTORIZARAM A REALIZAÇÃO DO CONCURSO

PORTARIA Nº 419, DE 1o- DE NOVEMBRO DE 2013
A MINISTRA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso de suas atribuições e tendo em vista a delegação de competência prevista no art. 10 do Decreto nº 6.944, de 21 de agosto de 2009, resolve:

Art. 1º Autorizar a realização de concurso público e o provimento de duzentos e quarenta e um (241) cargos pertencentes ao quadro de pessoal efetivo do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBIO, conforme discriminado no Anexo a esta Portaria.
Art. 2º O provimento dos cargos no quantitativo previsto no art. 1º dependerá de prévia autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e está condicionado:
I – à existência de vagas suficientes na data de publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso público;
II – à declaração do respectivo ordenador de despesa, quando do provimento dos referidos cargos, sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados; e
III – à total substituição dos trabalhadores terceirizados que executam atividades em desacordo com a legislação vigente, considerando o disposto na Cláusula Quarta do Termo de Conciliação Judicial – Processo nº 00810-2006-017-10-00- 7, assim como o Acórdão nº 1520/2006 – Plenário, do Tribunal de Contas da União, cujos nomes deverão constar de relação, a ser publicada previamente à nomeação dos candidatos aprovados, de acordo com o disposto no art. 1º da Portaria Interministerial MP/CGU nº 494, de 18 de dezembro de 2009, o que implicará o remanejamento de dotações orçamentárias do Grupo de Natureza de Despesas – GND “3 – Outras Despesas Correntes” para GND “1 – Pessoal e Encargos Sociais”, no montante equivalente ao custo dos cargos providos, até que esta despesa esteja definitivamente incorporada aos limites orçamentários anuais de pessoal e encargos sociais do ICMBIO.
Art. 3º A responsabilidade pela realização do concurso público será do Presidente do ICMBIO, a quem caberá baixar as respectivas normas, mediante a publicação de editais, portarias ou outro ato administrativo, de acordo com as disposições do Decreto nº 6.944, de 21 de agosto de 2009.
Art. 4º O prazo para publicação do edital de abertura do concurso público será de até seis meses, contado a partir da data da publicação desta Portaria.
Art. 5º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

MIRIAM BELCHIOR

 

PORTARIA Nº 423, DE 1o- DE NOVEMBRO DE 2013
A MINISTRA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso de suas atribuições e tendo em vista a delegação de competência prevista no art. 10 do Decreto nº 6.944, de 21 de agosto de 2009, resolve:

Art. 1º Autorizar a realização de concurso público para trinta (30) cargos de Analista Ambiental, pertencentes ao quadro de pessoal efetivo do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio, a serem lotados nas Unidades de Conservação presentes no Complexo da Bacia do Tapajós.
Art. 2º O provimento dos cargos no quantitativo previsto no art. 1º dependerá de prévia autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e está condicionado:
I – à existência de vagas na data de nomeação; e
II – à declaração do ordenador de despesa responsável, quando do provimento dos referidos cargos, sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.
Art. 3º A responsabilidade pela realização do concurso público será do Presidente do ICMBio, a quem caberá baixar as respectivas normas, mediante a publicação de editais, portarias ou outros atos administrativos, de acordo com as disposições do Decreto nº 6.944, de 21 de agosto de 2009.
Art. 4º O prazo para publicação do edital de abertura do concurso público será de até seis meses, contado a partir da data da publicação desta Portaria.
Art. 5º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

MIRIAM BELCHIOR